Notícias

Câmara realiza audiência pública com a presença de vários deputados estaduais.

01/04/2017

Aconteceu nesta sexta feira (31/03) uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Taperoá para debater sobre o andamento da Adutora Pajeú na cidade, como também foi solicitado a construção de outros açudes e uma nova caixa d´água para a CAGEPA. O autor da propositura foi o vereador Antônio Vicente.

 

Na reunião, estiveram presentes os deputados estaduais Renato Gadelha, presidente da Frente Parlamentar das águas, Antônio Mineral, Inacio Falcão, Manoel Ludgério, Adriano Galdino e João Henrique. O prefeito Jurandi Gouveia, o vice prefeito Júnior de Preto, o Gerente Regional da CAGEPA de Patos, Maciel Damascena, vereadores de livramento e Juazeirinho também compareceram a Audiência.

 

A obra do Pajeú vai beneficiar além do Pajeú em Pernambuco. A adutora já está próxima a cidade de Itapetim, de lá vai para Desterro; de Teixeira vai puxar para Taperoá e Livramento.

 

Os deputados garantiram que irão lutar na Assembléia para acelerar a obra da adutora do Pajeú, para que não falte água a população taperoaense.

 

Outra alternativa debatida na reunião pelos vereadores, foi trazer a água para Taperoá pelo açude de Mucutu, ou seja, a água da Transposição que vai para Campina e que passa próximo a cidade de Juazeirinho, seria feito um encanamento até o açude do Mucutu que traria água pra cidade.  

 

De acordo com o diretor regional da CAGEPA, Maciel Damascena, a água que está no açude Manoel Marcionilo, dura apenas três meses e que a CAGEPA está fazendo todo o esforço para resolver o problema da água na região, fazendo a manutenção necessária dos canos para viabilizar a água com qualidade para as casas.

 

 

O presidente da Câmara, Birino, agradeceu a presença de todos na reunião e esclareceu que a maior preocupação do momento é em relação à água em Taperoá. “Devido a essa situação estamos fazendo essa Audiência Pública, procurando soluções para resolver o problema. E uma das soluções que estamos vendo também, é a adutora do Pajeú, que traz água do Rio São Francisco até a nossa região”, explicou.